Amanhaceu

Amanheceu e é um dia super mega cinza, a chuva da madrugada, parecer que vai se estender o dia todo. Isso para mim que sou nordestina é ótimo. Se minha mãe querida estivesse por aqui falaria “está denoitinha Virna, o céu está azul de chuva, Graças a Deus” e por falar em minha mãe sonhei com ela. Pra variar um sonho confuso, estava eu de frente ao espelho me admirando olhando meus cílios pórticos, acessório esse que nunca utilizei na vida, me achava mais linda. Enquanto isso minha mãe em sonho falava “Toda vez que encontro esse menina ela tem inventando uma coisa” frase típica dela de falar, e sempre estou me reinventando e buscando melhores aspectos em minha vida. Depois de ela ter falando aquilo, tirei os cílios pórticos e continue me vendo no espelho, feliz e por ver no espelho e ver que eu era a mesma pessoa, minha fisionomia não havia mudando. Por alguma razão (ou por falta de razão – era só um sonho) estávamos sendo invadidas. O prédio onde estamos era alvo de invasão, e tínhamos que fugir ou nos esconder, e as outras pessoas do prédio, que estavam em meu sonho começaram a se esconder e buscar maneiras de fugir. E fiz o contrario enfrentei tentei me camuflar no meio dos invasores para pode sair do prédio com minha mãe ilesa, e conseguimos. Olha não sei o significado desse sonho, mas é sempre prazeroso sonha com minha mãezinha. Ainda mais na data que você comemora o seu aniversario de número 31. E só mais um dia na minha vida. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mudança como profissional

Nosso aniversário